Ato Pelas Famílias do Loteamento São Francisco na PGE

Hoje, pela manhã, uma comissão de moradores do Loteamento São Francisco visitou a Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco com o intuito de dialogar com o procurador Thiago Arraes de Alencar Norões acerca do enorme atraso dos processos indenizatórios que está tornando a vida das famílias um martírio.

Os moradores levaram uma carta com uma série de solicitações, uma vez que a situação que estão enfrentando é de descaso, falta de informação devida e diversos constrangimentos ao procurar o atendimento a que têm direito. O procurador Thiago Norões, contudo, chegou na PGE chamando o ato dos moradores de “confusão”, mas ao decorrer da manhã, viu-se diante de um contexto que o obrigou a agendar uma reunião séria com representantes do loteamento e dos movimentos de apoio para a próxima semana, em Recife.

Os moradores, contudo, se recusaram a deixar a PGE, sem que uma pauta devidamente elaborada com uma equipe de funcionários da procuradoria. Além disso, exigiram o comprometimento da PGE em acionar os secretários governamentais e os representantes de instituições que efetivamente podem resolver o problema. Todos entendem que a vontade de política de resolver o impasse é fundamental para o caso.

Seguem algumas imagens do ato:

ato_loteamento_sao_francisco-1

Ato iniciou às 9h da manhã na Rua do Sol, em frente à PGE | Foto: Ana Lira

ato_loteamento_sao_francisco-7

Adjailma foi uma das poucas que recebeu boa parte da indenização, mas está junto com os vizinhos defendendo quem ainda não recebeu nada e está pagando aluguel | Foto: Ana Lira

ato_loteamento_sao_francisco-6

Walter e sua família se uniram ao ato para representar os vizinhos que não puderam comparecer por doença, porque estão residindo muito longe, além de todos os que faleceram porque não aguentaram ver as casas no chão | Foto: Ana Lira

ato_loteamento_sao_francisco-5

Diversos movimentos sociais, entidades, moradores do Recife acompanharam o ato na rua e nos meios de transporte.

ato_loteamento_sao_francisco-4

Moradores estão sem receber indenizações ou receberam valores injustos cobram posicionamento governamental |Foto: Ana Lira

ato_loteamento_sao_francisco-3

Moradores dialogam com Claudio Braga da equipe do Comitê Popular da Copa | Foto: Ana Lira

ato_loteamento_sao_francisco-2

Procurador Thiago Norões não gostou do ato, mas se viu obrigado a receber as famílias | Foto: Ana Lira

Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s